Design a site like this with WordPress.com
Iniciar

Bem-vindo ao Zallarverso

Vencedor do Prémio Adamastor em Conto 2020

Conhece o autor

Nuno Ferreira foi actor, coordenou um grupo teatral, praticou kung fu e danças de salão. É licenciado em Gestão de Recursos Humanos e Comportamento Organizacional, mas mantém viva a paixão pela área editorial.

Garras Gélidas

Garras Gélidas é uma fantástica sequela de Espada que Sangra, e estou definitivamente ansiosa para ler mais desta saga e ver em que tipos de intrigas, mistérios, traições, crueldades e e “jogos de trono” as nossas personagens preferidas mergulharão. Um título obrigatório para os fãs de Fantasia!”, Café Mais Geek

Embaixada

“Nuno Ferreira criou um mundo rico, envolto num mistério comparável a D. Sebastião envolto na neblina. Um livro repleto de acção e aventura, com personagens femininas cheias de carácter e com vilões feios, porcos e maus. Pleno de voltas e reviravoltas, Embaixada é sangrento, violento e e inesperado.” Joana Nunes, Panemic Books

Espada que Sangra

“Fiquei bastante surpresa com a escrita de Nuno Ferreira, deliciosamente surpresa.” Eu e o Bam

Últimos Eventos

08/12/2022 – Sessão de autógrafos na ComicCon Portugal 2022

08/12/2022 – Painel “Literatura aos Episódios” na ComicCon Portugal 2022

Vencedor do Prémio Adamastor em Conto 2020

Tive o privilégio de vencer o Prémio Adamastor em Conto 2020, com “Mais que Fazer”, incluído no Almanaque Steampunk 2019.

Nuno Ferreira

Outras Obras

São vários os mundos e personagens que tenho criado. Confere algumas das antologias em que participei:

Os Monstros que nos Habitam

A 2.ª edição chegou em fevereiro 2022, com “A Maldição de Odette Laurie”.

Comandante Serralves

“O Ópio do Povo” é o meu conto intergalático desta antologia.

Almanaque Steampunk 2022

A protagonista do conto com que venci o Prémio Adamastor 2020 regressa com “Aquela Chavala”.

E ainda…

Conhece mais do Zallarverso

Ficaste curioso sobre os mundos fantásticos que crio? Sabe aqui mais sobre estes mundos e sobre o que dizem de mim.